segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Material furtado de prédio público é recuperado por agentes da GCM-Santaluz


Objetos e equipamentos recuperados 

A Guarda Civil Municipal de Santaluz recuperou na tarde de hoje material que havia sido furtado do Centro de Inclusão Digital, localizado no Largo do Tanque Grande em Santaluz, o prédio havia sido depredado e invadido no último final de semana, o órgão responsável pela administração do centro relatou ausência de objetos e equipamento no local a GCM-Santaluz que desde então realiza buscas.

Graças à denúncia realizada na manhã de hoje (19), agentes conseguiram localizar os objetos e equipamentos furtados, o homem que estava em posse dos objetos foi encaminhado à Delegacia Territorial de Santaluz que deve prosseguir com os tramites legais.

O Diretor da GCM-Santaluz Jacson Araújo enfatiza a importância da realização de denúncias pela população e parabeniza ao cidadão que fez a denuncia, que possibilitou a recuperação dos objetos, que são bens públicos que pertencem a todos os munícipes, ele aproveitou ainda para incentivar a realização de denúncias de crimes contra o patrimônio público, evitando prejuízos e garantido a manutenção dos serviços públicos.


Os equipamentos foram devolvidos ao órgão responsável para que possam ser repostos no Centro de inclusão digital, que permite a alunos da rede pública acesso a internet para realização de pesquisas e outros serviços.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Encerramento da etapa 2016 do Projeto Patrulha do Bem da GCM-Santaluz aconteceu nesta sexta (2)

GCM-Santaluz
A Guarda Civil Municipal de Santaluz realizou nesta sexta-feira (02) a culminância do projeto 'Patrulha do Bem' que levou atividades lúdico-pedagógicas e esportivas aos alunos atendidos pelo projeto Centro de Formação Menino Jesus, no Morro dos Lopes.


Durante a manhã, agentes estiveram no centro e realizaram jogos e dinâmicas que ressaltavam o trabalho em equipe e a capacidade de abraçar oportunidades, última lição deixada pelos agentes na edição deste ano do Projeto.





O Comandante da GCM Daniel Oliveira evidenciou durante o encontro a importância da interação de instituições de segurança e a comunidade e a importância do projeto para aproximação dos agentes e da sociedade.

Um lanche com as crianças e adolescentes finalizou a experiência caracterizada pelos agentes que participaram da aplicação do projeto durante o ano como satisfatória e enriquecedora, haja vista que possibilitou uma interação mais próxima com a realidade dos alunos.


O  subcomandante da GCM-Santaluz José Nilton Teixeira, afirma que a expectativa é que o projeto tenha continuidade, para que mais momentos de transferência de saber e experiências possam ocorrer entre a GCM e o centro e que possa se expandir para atender a outras escolas ou entidades do município.


As ações receberam o apoio da Prefeitura Municipal de Santaluz, que buscou ampliar a atuação social dos agentes que participavam das ações do projeto em horários opostos a sua atuação em serviço de forma Voluntária.

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Dois menores são flagrados por agentes ao invadir e arrombar Escola Municipal Dulcelita Bahia de Araújo




Por volta das 10:30 da manhã de hoje (14) agentes da GCM-Santaluz  flagraram dois menores dentro da Escola Municipal Dulcelita Bahia de Araújo, após invadir a escola pulando os muros que medem cerca de 3 metros e arrombar o cadeado da porta de uma das salas da Unidade Escolar, quando foram surpreendidos pelos guardas reviravam os materiais da sala em busca de objetos de valor.

Os menores 12 anos e 10 anos são irmão são alunos da escola e já conheciam a rotina da mesma, a diretora da escola e o pai dos envolvidos foram acionados e tomadas as medidas cabíveis. Essa foi a 3 vez que a escola foi alvo desse tipo de  vandalismo, por meio dos menores flagrados na ação o nome dos demais envolvidos podem ser descobertos.
Ferramenta usada para arrombar cadeado

A ferramenta que foi utilizada na ação dos menores pertencia ao pai dos autores e foi reconhecida pelo mesmo ao chegar ao local.

O diretor da GCM-Santaluz Jacson Araújo demostrou surpresa com a pouca idade das crianças que praticaram a ação e pelo fato de ambas serem alunas da escola e após conversa com o responsável  e a direção da unidade escolar firmou-se um acordo de empenho de ambas as parte para orientar as crianças a respeito de suas ações, na oportunidade enfatizou ainda a importância da orientação e acompanhamento da família para que  as lições aprendidas sejam positivas  e situações assim sejam evitadas.